Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais

Compradores de empresas no estrangeiro

Tive conhecimento de contactos através dos anúncios no nosso website de compradores ou investidores estrangeiros.

A visibilidade do Trespasse.com, pela antiguidade e pelo número de visitas diárias ou mensais atraí todo o tipo de pessoas. Assim os anúncios geram contactos de pessoas que desejam fazer negócios, e adquirir uma empresa e também pessoas que pretendem executar um esquema, que ainda não percebi bem como funciona de modo a lesar os nossos utilizadores. Daí este alerta.

Nunca se desloque ao estrangeiro para vender uma empresa em Portugal

Os estrangeiros mais frequentes

Os investidores e empresários países lusófonos (especialmente, Brasileiros e Angolanos) são potenciais investidores em qualquer empresa em Portugal, porque pretendem mudar-se e viver em Portugal. Mas serão sempre os interessados que se deslocam a Portugal

Fraude

Não existem pequenos investidores em Bruxelas ou Inglaterra interessados na compra de negócios locais em Portugal. Mas podem existir pessoas oriundas de qualquer país a viver em Portugal que pretendem adquirir um negócio ou empresa.

Sinceramente não sei o esquema que está por detrás destas empresas ou investidores, mas é óbvio que não é nada vantajoso para os empresários e anunciantes.

A primeira regra básica em qualquer negócio é desconfiar.

Porque razão o investidor ou investidores não se deslocam a Portugal?

Esta é a questão base, ou seja, é sempre o comprador que se desloca, ou caso não o possa fazer, será alguém por si contratado que fará as diligências para a aquisição da empresa, por exemplo um advogado.

Por mais convincente que seja a história do comprador, não existe ninguém que acredite nisso.

O investidor não tem tempo/disponibilidade para se deslocar a Portugal para ver e analisar o negócio potencial, por que raio o vendedor terá essa disponibilidade.

Existem esquemas por todo o lado

Existem tantos esquemas que se propagam através da internet e não só, não percebo como as pessoas são ingénuas ao ponto de se deslocarem ao estrangeiro para se encontrarem com supostos potenciais interessados na aquisição.

Um dos casos: Investidores estrangeiros interessados em investir numa papelarias. A sério?

Quando fui contactado em relação a isto nem queria acreditar, a pessoa estava disposta a ir a Nice ter uma reunião. Eu pergunto: uma reunião para quê? Com que finalidade? Porquê?

Não consigo encontrar uma explicação para alguém se deslocar ao estrangeiro para vender algo em Portugal.

Se não consegue vender a empresa por x terá provavelmente de baixar o preço para y.

A aquisição de empresas é um processo moroso. Raros são sos casos em que se concretiza o negócio num curto espaço de tempo.

Não se deixe enganar, leia também o artigo fraudes na compra e venda de empresas

Portal de compra e venda de empresas